Quando começar a introdução alimentar no bebê

Tatiana Zanin – Nutricionista via Tua Saúde

A introdução alimentar é como se chama a fase em que o bebê pode consumir outros alimentos, e não ocorre antes dos 6 meses de vida pois até essa idade a recomendação é de aleitamento exclusivo, uma vez que o leite consegue suprir todas as necessidades de hidratação e nutrição.

Além disso, antes dos 6 meses de idade, o reflexo de engolir também não esta totalmente formado, o que pode causar engasgos, e o sistema digestivo ainda não consegue digerir outros alimentos. Veja os benefícios da amamentação exclusiva até os 6 meses de idade.  

Quando começar a introdução alimentar no bebê

Porque começar apenas após os 6 meses 

A orientação de que a introdução deve começar depois do 6° mês, se dá porque a partir dessa idade o leite materno não é mais capaz de garantir os nutrientes necessários, especialmente o ferro, que em baixa quantidade causa anemia na criança. Desta forma, os alimentos naturais, como frutas, verduras e vegetais, são necessários para complementar a alimentação.

Outro motivo, é que apenas após o sexto mês, o corpo do bebê está mais preparado para receber outros alimentos, pois o sistema imunológico começa a se formar e se torna capaz de combater possíveis infecções ou alergias que a introdução dos novos alimentos pode causar. 

Além disso, introduzir cedo ou tarde de mais os alimentos aumenta as chances do bebê desenvolver alergias ou intolerâncias, por exemplo.

Como iniciar a alimentação do bebê 

Ao iniciar a alimentação do bebê, aconselha-se a preferencia por alimentos naturais, como legumes e verduras e que sejam cozidos antes de oferecer ao bebê. Além disso, não é indicado o uso de sal ou açúcar na preparação dos alimentos. Confira quais vegetais e frutas pode incluir a alimentação do bebê aos 7 meses

Dicas para facilitar a introdução alimentar 

O inicio da alimentação pode ser estressante para a criança e todos envolvidos nesta situação, por isso é recomendado que seja feita em local tranquilo, para que a criança não se distraía facilmente. Alguns cuidados podem tornar este momento mais agradável, como:

  • Olhar nos olhinhos e conversar durante a refeição;
  • Não deixar o bebê sozinho durante a alimentação;
  • Oferecer o alimento de forma lenta e paciente;
  • Não forçar a comer caso não queira terminar a refeição;
  • Estar atento aos sinais de fome e saciedade.

É importante considerar que a introdução alimentar é uma atividade nova na vida do bebê, e por isso o choro e a recusa aos alimentos podem acontecer por alguns dias, até o bebê se acostumar á nova rotina.

Como montar a rotina alimentar do bebê

A rotina de introdução alimentar do bebê, deve ser feita com a inclusão de alimentos de origem natural, além de ser variada, pois é a fase em que a criança está descobrindo os sabores e texturas.

Tubérculosbatata, batata baroa, batata doce, inhame, cará, mandioca.
Legumeschuchu, abobrinha, quiabo, abobrinha, cenoura, abóbora.
Verdurasbrócolis, vagem, couve, espinafre, repolho.
Frutasbanana, maça, mamão, laranja, manga, melancia.

Os purês podem ser feitos com diversas frutas e verduras, e longo das semanas outros alimentos podem ser incluídos ou excluídos da rotina alimentar. Veja o exemplo de um cardápio de três dias para o bebê.

Receitas para a introdução alimentar

Veja abaixo duas receitas simples que podem ser usadas na introdução alimentar:

1. Creme de legumes

Quando começar a introdução alimentar no bebê

Essa receita rende 4 refeições, sendo possível congelar para usar nos dias seguintes.

Ingredientes

  • 100 g de abóbora;
  • 100 g de cenoura;
  • 1 colher de chá de azeite.

Modo de preparo

Descascar, lavar e cortar a abóbora e a cenoura em cubinhos, em uma panela com água a ferver e deixar cozinhar por 20 minutos. Escorrer a água em excesso e bater os ingredientes usando um garfo. Em seguida, adicionar o azeite e servir.

2. Purê de frutas

Quando começar a introdução alimentar no bebê

Ingredientes

  • Uma banana;
  • Meia manga.

Modo de preparo

Lavar e descascar a manga e a banana. Cortar ao pedaços e amassar até consistência de purê. Depois adicionar o leite que o bebê consome e misturar até ficar homogêneo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *