Mitos e verdades sobre a doação de sangue

Fonte: Saúde.gov.br

osso doar sangue menstruada?

Sim. Não há nenhum problema quanto a isso. A mulher pode doar sangue menstruada. 

Doar sangue engrossa ou afina o sangue?

Não engrossa nem afina o sangue. Isso é um mito.

Doar sangue engorda ou emagrece?

Não engorda nem emagrece. Esse é outro mito.

Doar sangue vicia?

Não vicia de forma alguma. A doação de sangue não está relacionada a nenhum tipo de dependência.

Quem está fazendo regime para emagrecer pode doar sangue?

Sim. Dietas para emagrecimento não impedem a doação de sangue, desde que a perda de peso não tenha comprometido a saúde do doador.

Grávidas podem doar sangue?

Não, mas após o período gestacional, em casos de parto normal, a mulher pode doar depois de três meses; em caso de cesariana, após seis meses. Se estiver amamentando, a mulher deve aguardar 12 meses após o parto.

Quem fuma pode doar sangue?

Sim, mas é recomendável um intervalo sem fumar de pelo menos 2 horas antes.

Quem tem tatuagem pode doar sangue?

Sim, desde que tenha feito a tatuagem há mais de um ano.

Quem recebeu transfusão de sangue pode ser doador de sangue?

Sim. Quem recebeu transfusão de sangue pode doar sangue, mas precisa esperar um ano para fazer a doação. Quem recebeu transfusão de sangue há menos de 12 meses pode estar ainda no período em que as doenças nem sempre são detectadas nos exames, o que é conhecido como janela imunológica; por isso fica temporariamente impedido de doar sangue.

Quem doa sangue uma vez é obrigado a doar sempre?

Não. Doar sangue não cria dependência no organismo da pessoa nem é um ato obrigatório, pelo contrário, é um ato voluntário, que só depende do desejo de a pessoa voltar ao Hemocentro dentro do prazo mínimo de espera para fazer mais de uma doação.

A quantidade de sangue coletada a cada doação afeta a saúde?

Não. O volume coletado não ultrapassa 10-15% da quantidade de sangue que o doador possui. Esse volume é reposto naturalmente pelo organismo em até 24 horas após a doação.

Há risco de contaminações durante a doação de sangue?

Não há nenhum risco de contaminação durante a doação de sangue, pois todos os materiais utilizados para doação de sangue são descartáveis e de uso único.

Tratamentos/medicamentos sobre doação de sangue

O uso de medicamento pode impedir alguém de doar sangue?

O uso de medicamento deve ser analisado caso a caso. Antes de doar sangue, a pessoa deve consultar o Serviço de Hemoterapia e, durante a triagem, informar sobre o medicamento em uso ou já usado.

Quem tomou analgésico pode doar sangue?

Sim, mas é importante que, no dia da doação, o doador esteja sem dores.

Tomei vacina para Hepatite B. Posso doar sangue?

A vacinação para Hepatite B impede a doação por 48 horas.

Quem estiver em tratamento com anti-inflamatório pode doar sangue?

Dependendo do motivo, a doação pode ser realizada normalmente. Não se esqueça de informar ao Serviço de Hemoterapia, durante a triagem, o nome do anti-inflamatório que você está tomando.

Quem estiver fazendo tratamento com algum antibiótico pode doar sangue?

Depende da razão pela qual a pessoa está tomando antibióticos. Em linhas gerais, para infecções simples e sem complicações, o doador deve aguardar 15 dias após a última dose do antibiótico para doar sangue. Infecções mais graves, como pneumonia, meningite, entre outras, podem demandar um tempo maior para liberação do candidato à doação.

Quem faz tratamento para acne pode doar sangue?

Depende do tipo de tratamento. Caso o tratamento inclua o uso de antibióticos ou outros remédios de uso oral, não será possível doar.

Quem estiver fazendo tratamento homeopático pode doar sangue?

Sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *