Leucemia: Detecção Precoce

Fonte: INCA

A detecção precoce do câncer é uma estratégia para encontrar um tumor em fase inicial e, assim, possibilitar maior chance de tratamento.
 
A detecção pode ser feita por meio da investigação com exames clínicos, laboratoriais ou radiológicos, de pessoas com sinais e sintomas sugestivos da doença (diagnóstico precoce), ou com o uso de exames periódicos em pessoas sem sinais ou sintomas (rastreamento), mas pertencentes a grupos com maior chance de ter a doença.
 
Não há evidência científica de que o rastreamento das leucemias traga mais benefícios do que riscos e, portanto, até o momento, ele não é recomendado.
 
Já o diagnóstico precoce desse tipo de câncer possibilita melhores resultados em seu tratamento e deve ser buscado com a investigação de sinais e sintomas como:
 

  • Palidez, cansaço e febre.
  • Aumento de gânglios.
  • Infecções persistentes ou recorrentes.
  • Hematomas, petéquias e sangramentos inexplicados.
  • Aumento do baço e do fígado.

 
Na maior parte das vezes esses sintomas não são causados por câncer, mas é importante que sejam investigados por um médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *